O que é a Medicina Preventiva?

medicina preventiva

A medicina preventiva é a área da medicina vocacionada para a prevenção de doenças sendo parte integrante da medicina preventiva os programas de vacinação, os projetos de atividade física e emagrecimento, a promoção de princípios de vida saudável, os exames periódicos de colesterol, câncer e diabetes.

Uma das formas de pormos em prática o conceito de medicina preventiva é fazendo check-ups regulares, evitar o estresse através da prática de meditação, ginástica ou outra atividade que incuta prazer em quem a pratique evitando, desta forma, o desenvolvimento de patologias tão comuns como a depressão.

Trata-se de um ramo da medicina que ganhou ênfase e importância recentemente com a percepção global da importância da prevenção para evitar o aparecimento de patologias que com aconselhamento médico e orientação podem ser prevenidas.

Existem quatro tipos de prática em medicina preventiva:

a) a prevenção primária que evita o aparecimento da doença iniciando a prevenção logo numa fase gestacional.

b) a prevenção secundária que abarca métodos de diagnóstico e trata de doenças em estágios iniciais antes de evoluir.

c) prevenção terciária faz uso de métodos com vista à diminuição do impacte negativo da doença existente diminuindo complicações.

d) a prevenção quaternária recorre a métodos que evitam ou minimizam resultados de intervenções desnecessárias ou excessivas no sistema de saúde.

O profissional de medicina preventiva atua a partir de dados epidemiológicos na perspetiva de intervir nas doenças ou agravamento de maior frequência. Através da genética médica é possível intervir na minimização das consequências da doença.

As abordagens do profissional em medicina preventiva variam de acordo com o paciente, com a sua história médica e com o estilo de vida de cada paciente. De fato, os hábitos alimentares e a prática de exercício físico ou exercícios de relaxamento são cada vez mais incontornáveis para evitar por um lado, o desenvolvimento de doenças do foro cardiovascular e por outro lado, doenças do foro psiquiátrico como as depressões.

Foto cortesia de stockimages / Freedigitalphotos.net

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Powered by sweet Captcha